flor

sf
1 Bot Órgão reprodutor das angiospermas, de estrutura complexa que, quando completa, é constituída por um ou mais pistilos e estames, corola (coletivamente, todas as pétalas) e cálice (coletivamente, todas as sépalas): “O gentleman falou de Botânica a propósito de uma dália vermelha que havia no ramo. Afiançou que esta flor possuía em si tantas outras flores quantas eram as pétalas de que constava” (AA2).
2 por ext Qualquer planta ornamental cultivada em razão de suas flores: Recebi flores dos meus alunos pelo meu aniversário.
3 fig Tudo aquilo que se entende como mais belo, mais distinto, mais limpo ou mais nobre de um conjunto ou de uma coletividade; elite, nata: “Pois se até o ilustre Sr. Lambertosa, ‘o respeitável gentleman, a flor dos homens finos, uma criatura tão cheia de circunspeção’, quem diria? … aproveitar ao ensejo das bexigas para lhe passar a perna!” (AA2).
4 fig O melhor em qualidade ou aspecto; a mais bonita, a melhor parte de: O pomar era a flor de sua fazenda.
5 fig A parte mais apurada de uma substância qualquer: Eu só uso a flor do azeite de dendê.
6 fig Coisa ou pessoa que se sobressai (em geral por ser a mais bela, agradável, gentil etc.): Minha avó era uma flor de pessoa.
7 fig Período de maior vigor, saúde, brilho ou beleza; a primavera da vida, a juventude, o desabrochar da vida: Ela casou na flor da mocidade.
8 fig Pessoa doce, amável e delicada, de bons sentimentos: Ela é amável, estudiosa, uma verdadeira flor.
9 fig Ausência de dificuldades, reveses, hostilidades etc.; bem-aventurança, júbilo, prazer: Tudo são flores quando se tem muito dinheiro.
10 Qualquer objeto ou ornato que representa uma flor: “– Que idade ela tem? – ele perguntou. Que esse era o melhor jeito de chegar ao fundo: pelos caminhos transversos, pelas perguntas banais. Por trás do jeito azedo, das flores roxas do robe. – Sei lá, uns quinze” (CFA).
11 Quím Substância flocosa, pulverulenta ou volátil, obtida por decomposição ou volatização.
12 Pequeno cogumelo ou micrófito formado por células alongadas e ramusculosas (Microderma vini), que se cria e desenvolve como um bolor à superfície do vinho, quando o vasilhame não está completamente cheio.
13 A parte externa do couro, oposta ao carnaz.
14 fig Aquilo que é excepcionalmente interessante, bonito ou de qualidade superior: Eles têm uma flor de fazenda.
EXPRESSÕESFlor anômala, Bot: aquela que não apresenta simetria completa, em razão do desenvolvimento excessivo de algumas partes e/ou atrofia de outras.
Flor da idade, fig: anos de mocidade, de juventude; flor dos anos.
Flor de cal: pó muito fino, obtido pela peneiração da cal.
Flor de enxofre: enxofre sublimado ou reduzido a pó, usado na sulfatagem das vinhas; purificado por lavagem, é também usado como laxativo.
Flor de estufa, fig: criança ou pessoa superprotegida, criada com muitos mimos ou distanciada das dificuldades da vida.
Flor de lis, Heráld: antigo emblema real, na França, que trazia um lírio desenhado.
Flor de lisado: enfeitado com flores-de-lis.
Flor de nitro, Quím: V afrônitro.
Flor dos anos, fig: V flor da idade.
Flores de retórica: recursos de linguagem que conferem elegância e beleza ao estilo; elegâncias da frase, belezas oratórias.
Flor dobrada, Bot: aquela cuja corola tem mais de uma carreira de pétalas.
Flor macha, Bot, coloq: aquela que tem estames, mas não tem pistilo.
Flor noturna: aquela que desabrocha ao cair da noite e só à noite se mantém aberta.
Flor protogínica, Bot: flor dicógama, cujos órgãos femininos amadurecem antes dos órgãos masculinos.
Flor radiada, Bot: aquela que se constitui de florões no centro e meios florões na borda.
Flor simples, Bot: aquela cuja corola apresenta apenas uma ordem de pétalas.
Flor trópica: a que se abre de manhã e fecha à noite.
Flor tubiflora, Bot: aquela cujas pétalas da corola se apresentam soldadas, formando um tubo longo.
À flor de: à superfície de.
Em flor: muito jovem; em plena mocidade; novo.
Fina flor: a) grupo de pessoas que se destacam em um campo ou atividade: Estava presente a fina flor do cinema brasileiro; b) a camada social mais abastada; elite: Essa família pertence à fina flor da sociedade.
Na flor do ar, Reg (SE): com incrível rapidez, muito depressa.
Não ser flor de se cheirar: não ser honesto, correto; não ser digno de confiança, não ser flor que se cheire.
Não ser flor que se cheire: V não ser flor de se cheirar.
INFORMAÇÕES COMPLEMENTARESDim: florículo, florinha, florzinha, flósculo. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARESCol: braçada, buquê, cacho, festão, ramalhete, tufo.
ETIMOLOGIAlat florem, como esp.
Topo ↑